Mundo afora

Agosto 2018

Não foi por acaso que Chad Robertson e sua Tartine Bakery se tornaram referências pra uma nova geração de padeiros mundo afora. O pão estampado na capa e esquadrinhado nas páginas do livro Tartine Bread, lançado em 2010, motivou padeiros e aspirantes de todos os cantos do planeta a perseguir...

Junho 2018

Meu primeiro contato com o trabalho de Enrique Olvera aconteceu no Cosme, em Nova Iorque, há quase quatro anos, logo após sua inauguração. Na época, eu ainda não conhecia o México, mas tive a impressão de pela primeira vez travar um contato verdadeiro com a cozinha do país. Ainda que...

Abril 2018

Poucas coisas são mais prazerosas do que chegar a uma cidade pela primeira vez. O frescor da novidade, que se reproduz a cada esquina, é um combustível poderoso, aparentemente inesgotável. Nos dias que passei recentemente na Cidade do México, essa sensação me habitou até o último minuto da viagem. Tudo...

Fevereiro 2018

Acredito que os lugares que nos marcam verdadeiramente seguem vivos dentro de nós por muito tempo, antes que as lembranças comecem a se dissipar na espuma dos dias. Foi assim com o hotel Casa Oaxaca, onde estive em dezembro passado. Parece que foi ontem. Quase posso sentir o perfume e...

Agosto 2017

Cinco minutos foram o bastante pra que eu me sentisse transportada pra outro plano. A beleza do salão, as flores de cardo na janela, as xícaras de Oolong de boas-vindas faziam com que os ruídos da rua parecessem estar muito distantes de nós. Durante um par de horas, o...

Junho 2017

Na última passagem por Barcelona, percebi que há quase uma década venho seguindo um ritual em todas as visitas à cidade: ao chegar, a primeira refeição acontece invariavelmente no Cal Pep, um dos meus balcões favoritos no mundo.

Em março, quando lá estive pra acompanhar a terceira edição do Parabere Forum,...

Maio 2017

Instalado num belo casarão em Maussane-les-Alpilles, um desses vilarejos provençais que parecem perdidos no tempo, o Bistrot du Paradou é o tipo de restaurante que vale a viagem. Peço desculpas pelo clichê, mas aqui ele se justifica, pois me refiro a uma experiência que dificilmente se poderia reproduzir em...

Abril 2017

No começo do mês passado, passei alguns dias na casa de meus tios em Raphèle-les-Arles, na Provence, onde valorizar produtos locais não é modismo, mas algo naturalmente incorporado às rotinas das pessoas. Essa filosofia posta em prática cotidianamente projeta-se nos espaços públicos através dos muitos mercados de rua, que acontecem...

Janeiro 2017

“Aceita uma madeleine?” Foi a primeira coisa que ouvi (se não a primeira, a mais importante) ao me acomodar no salão do Le Dali, onde se conduz diariamente o ritual do chá da tarde no Meurice.

Recém-saídas do forno, estavam ainda quentes e o perfume de mel permitia antever o arrependimento...

Novembro 2016

Cheguei a Berlim sem grandes expectativas e com reserva em apenas um restaurante. Não tive tempo nem disposição pra planejar a viagem como gostaria. Talvez exatamente por isso tenham sido tão leves e felizes os dias que passei ali. O fato de não haver muitos planos engessando minha curta temporada...

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 anteriores
© Pra quem quiser me visitar - Todos os direitos reservados

Envie para um amigo:

*
*

Assinar Newsletter:

Remover email: