Mundo afora

Fevereiro 2015

Numa portinha escondida no hall de um prédio comercial no Brooklyn, Ayako Kurokawa produz precioso artesanato em matéria de confeitaria. O espaço é pequeno, meia dúzia de pessoas é o suficiente pra lotar a loja e complicar bastante o atendimento. Mas vale a pena ter paciência.

Do que experimentamos ali, só...

Fevereiro 2015

Pouco ou nada sei da autêntica cozinha mexicana. Por um simples motivo: nunca estive no México e acredito que, sem ter estado lá, ninguém pode se considerar conhecedor da culinária do país – falo da coisa real, não dos arremedos que se multiplicam mundo afora. Mas talvez não seja preciso...

Novembro 2014

A nova casa do chef Ignacio Mattos, inaugurada em 2013, me proporcionou o que provavelmente tenha sido minha melhor refeição ao longo dos oito dias em que estive em Nova York no mês passado. Acompanhava sua trajetória desde a inauguração e desconfiava que o Estela fosse um dos endereços mais...

Novembro 2014

Entre os muitos endereços onde gosto de começar o dia em Nova York, um dos meus favoritos é a Sullivan Street Bakery. É minha padaria do coração em Manhattan. Frequento desde que era somente uma portinha na rua 47 (o endereço anterior, inaugurado no Soho na década de 90, não...

Novembro 2014

Eu poderia abrir esse texto dizendo que quem passa diante da insuspeita portinha vermelha na Moore Street não supõe o tremendo restaurante que ela esconde. Seria mero exercício de retórica, já que o Roberta’s se tornou um dos mais comentados endereços do Brooklyn nos últimos anos. A julgar por minha...

Julho 2014

Um dos restaurantes mais interessantes por que passei em Copenhague, o Kødbyens Fiskebar está instalado numa área da cidade que vem se reinventando, o Vesterbro. O comércio de carne e as ruas escuras pontuadas por inferninhos vão dando lugar a galerias, bares e restaurantes. O Fiskebar é um dos símbolos...

Julho 2014

Um dos fatores determinantes na escolha de onde me hospedar em Paris é a proximidade de algum endereço que me fale ao estômago. O mercado favorito, o restaurante de estimação, a pâtisserie predileta.  Assim, vou esquadrinhando a cidade segundo caminhos que, se nem sempre levam ao monumento mais visitado ou...

Julho 2014

Na carona do retumbante sucesso de seu restaurante Frenchie, o chef Gregory Marchand espalhou seus tentáculos na diminuta rue du Nil, em Paris, inaugurando ali mais duas casas nos últimos anos. Primeiro veio o Frenchie Bar à Vins. Em seguida, o Frenchie to Go.

No cardápio do Frenchie to Go, brilham...

Junho 2014

Como eu dizia no post anterior, a segunda casa de Christian Puglisi, embora compartilhe virtudes fundamentais com a primeira (inclusive a evidente qualidade do produto), tem uma proposta diferente, o que se revela numa atmosfera ainda mais informal e vibrante e numa cozinha mais rústica, mas não menos deliciosa.

Há um...

Junho 2014

As duas casas do chef Christian Puglisi em Nørrebro, além de me garantirem algumas das minhas melhores refeições na recente passagem por Copenhague, me pareceram, cada uma a seu modo, a perfeita tradução do despojamento da cidade e de sua atual cena gastronômica. Ambiente e cozinha despem-se de todos os...

recentes 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 anteriores
© Pra quem quiser me visitar - Todos os direitos reservados

Envie para um amigo:

*
*

Assinar Newsletter:

Remover email: